Amarga lição

Foto: Stephan Eilert / Ceará SC

Sei lá por que cargas d’água Silvinho resolveu começar o jogo contra o Ceará sem Renato Augusto e William, já que perdera Giuliano para o restinho do campeonato.

Queria poupar os mais veteranos nesta reta final do torneio? Poupar pra quê, se o Timão, graças à excelente exibição de outro dia, estava a três passos do Palmeiras, velho rival e terceiro colocado que joga sua vida contra o Flamengo pela Libertadores neste sábado?

O Verdão, se levantar a taça pela segunda vez consecutiva, por certo, cairá em ressaca depois das celebrações. Se perder, cadê ânimo pra seguir adiante num Brasileirão já definido?

Logo, era a chance de o Timão embalar, depois de tantas angústias vividas ao longo de mais da metade da temporada.

E o preço pela decisão do técnico veio logo aos 12 minutos de partida com Vina aproveitando falha de Cássio em saída de bola: 1 a 0.

Bem que, no intervalo, Silvinho tentou desfazer o malfeito, trocando Luan por Renato Augusto e Du por William.

A partir daí, o Corinthians passou a dominar a partida e a invadir a área inimiga tanto que o empate passou a ser inevitável. E o empate veio aos 38, com Roger Guedes, prenunciando a virada desenhada no ar.

Pois, sim! Eis que, numa bola alçada à área corintiana, Gonzales sobe mais do que João Pedro, que havia entrado no lugar de Fagner (por quê?), e fuzila de cabeça no canto de Cássio, que chegou tarde na bola.

Assim, o Timão empacou quando era pra disparar. Que sirva de lição.

 

Um comentário

  1. Eu venho dizendo e não é de agora que o Corinthians teria o maior prejuízo segurando o Sylvinho , porque o cara inventa mais que o Professor Pardal e no jogo de hj ele excedeu.. . Mas também vai contratar quem faltando apenas 3 jogos para o timão encerrar o campeonato. A diretoria não vai ter outra alternativa senão segurar o técnico até o final do ano e seja o que Deus quiser. Mas tenho absoluta certeza que o Sylvinho não emplaca 2022…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *