Peixe e Galo deram o tom

Foto: Alexandre Schneider/AFP

As grandes atrações desta noite da Libertadores eram Palmeiras e Flamengo, os dois últimos campeões dessa competição.

Mas, quem deu o tom foi a dupla Galo-Peixe, que goleou seus respectivos adversários em casa.

O Galo recebeu o Cerro Porteño e foi logo metendo 2 a 0, com o Hulk revigorado desde que passou a jogar pelo meio do ataque. No segundo tempo, alcançou a goleada de 4 a 0, com Savarino e Vargas, de peixinho, já no final da partida.

Por sua vez, o Peixe, na Vila, com toda aquela molecada, parecia o velho Santos, deslizando em campo sempre em direção à meta adversária. E foi acumulando gols sobre um aparvalhado Strongest.

Primeiro, com Marinho, depois com Pirani (joga bem esse rapaz, hein?), Baleiero (não seria Baleeiro, caçador de baleias?), Lucas Braga, em bela jogada de Marinho e, por fim, Malthus: 5 a 0.

Em contrapartida, Flamengo e Palmeiras penaram pra passar por LDU e Defensa y Justicia.

O Verdão, com seu time titular (sic) diante de um Defensa y Justicia destroçado pelo vírus maldito (quinze jogadores deles baixaram enfermaria), passou o primeiro tempo com a bola a seus pés, rondando a área inimiga sem, contudo, causar estragos.

Na etapa final, porém, o Verdão foi lá e meteu logo de cara 2 a 0, gols de Rony, claro, em dois passes preciosos de Luís Adriano.

Eis, no entanto, que os argentinos levantaram a crista, enquanto os brasileiros arrecuavam os arfos, e diminuíram com Tripichio, que, se tivesse nascido aqui seria sócio do Palestra Itália com esse nome.

Daí até o apito final, foi aquele sufoco já conhecido: o Defensa no ataque e o Verdão recheando sua equipe com bravos defensores.

Já o Mengo foi logo enfiando 2 a 0 na LDU, nas alturas de Quito e saiu lampeiro para o vestiário no intervalo, certo de que tinha o jogo nas mãos. E teve mesmo, aos seus pés, ao longo de todo o primeiro tempo, quando poderia ter até goleado.

Mas, na segunda fase, eis que os equatorianos surpreenderam com o empate. O Mengo tonteou mas não desabou. Antes, reaprumou-se e voltou a pressionar até que Arrascaeta sofreu pênalti, no finzinho do jogo. Gabigol bateu e não só deu a vitória pra seu time como alcançou o recorde rubro-negro na Libertadores de Zico – dezesseis gols na competição.

Por seu lado, o Palmeiras cumpriu cem por cento de aproveitamento no certame e caminha com chances de repetir o feito da última temporada. Enfim…

Boa noite pra todos.

Foto: Marcos Brindicci/AFP

 

 

8 comentários

  1. Prezado Alberto Helena Jr, você é muitas vezes acusado de não ser palmeirense nas tuas observações. Oposto que neste comentários os palmeirenses viciados vão novamente te bater com pau, pois você idolatra os resultados do Santinhos e do Galinho.
    Te faltou observar que o Palmeiras não está jogando com a equipe A, parece mas não é. A equipe A teria o Dudu que há mais de um ano foi embora, faltou também Willian como Lucas Lima, dois jogadores que se entrosam melhor na equipe A. Além disto Rony continua marcando e perdendo gols, como Luis Adriana ainda tem que afiar a pontaria. Essa equipe A de agora ainda está sendo esmerilhada, por acho incorreto chamá-la de equipe A.
    Não obstante (sei que vão me chamar de inimigo do Palmeiras também), é verdade que o Palmeiras não brilhou como era de se esperar jogando contra uma equipe esfarrapada pelo covid. Dominar a bola não se põe à mesa, o Palmeiras de defendeu meu desajeitado e poderia ter tomado uns gols de contra-ataque se o adversário não fosse tão inexperiente. Por isto tudo é certo dizer que o Verdão esteve meio irreconhecível, não apenas por jogar todo de branco, como também por ficar tocando bolinhas de lado a lado. Se as balizas fossem nas laterais teríamos goleado de novo por 5 a 0.
    Temos que limpar a barro do Abel Ferreira, ele continua jogando diariamente e nesta altura seria até benéfico não passar para a próxima fase do Paulistinha, pois assim ele pode finalmente apresentar uma verdadeira equipe A.

  2. Dá gosto ver o Flamengo, jogar nada simplesmente Qnada se compara ao futebol vistoso do melhor time do futebol sul americano. Ganhou com autoridade onde nunca havia ganhado antes. Aliás os bambis de São Paulo, foram goleados ano passado. Quantos outros times nada de espetacular, fizeram a obrigação deles pois jogavam em casa, quanto ao parmeirinha, ganhou as duras penas do Defensa com o time todo reserva. Saudações rubro-negra!

  3. Oliveira, que cachaça você toma? Me diz onde consigo porque deve ser boa, pelo menos faz muito efeito, pois se começa logo a dizer besteiras. O Palmeiras ganhou jogando com o pé esquerdo apenas, e o melhor time do continente sul-americano só pode ser o Palmeiras mesmo. Além disto quem jogou com o time reserva não foi o Defensa porém o Palmeiras mesmo jogou com um meio time A. No final você vai morder no granito com seu Flamengo, se chegar até lá.
    Compaixões Palmeirenses!

  4. Esses torcedores do porco se iludem ou tomam muita cerveja, pensando que o timeco deles jogam o melhor futebol do que o Mengão.
    É o freguês sempre têm razão. Saudações rubro-negra!

  5. hummm….acho que esse bobil ou memil ai é o jota jr disfarçado heim Helena…sinto o mesmo cheiro de naftalina bos comemtários e a.choradeira é a.mesma…
    a verginha da.américa do sul, nossa eterna piada, o guarani da capital!!!
    explica para nós, KD O MUNDIAL???

  6. hummm….sei não mas esse bobil ou memil ai de cima parece o jota jr disfarçado heim Helena….sinto o mesmo cheiro de naftalina nos comentários e a choradeira é a mesma.
    Ó vergonha da américa do.sul, nossa eterna piada, guarani da capital, explica aqui pra nós…KD O MUNDIAL ???
    hejehehehe…..

  7. Tião da fiel, você é a prova viva de que vivemos na democracia: qualquer idiota pode pedir a algum com uma escolaridade mínima para escrever-lhe umas besteiras e digitá-las aqui, mesmo que você não consiga ler nem mesmo o que escreve. Neste ponto o Alberto Helena Jr. está sempre correto, todo mundo com dois braços e duas pernas pode se externar aqui, até mesmo sendo da “fiel”. E haja estomago para aturar tipos do teu quilate.

  8. meu caro bobil, jota jr disfarçado, é só resenha não fique nervoso pois pode cair da cadeira de rodas.
    Leio e escrevo muito bem e se tem alvum idiota aqui é o sr que além de passar vergonha aqui defendendo um time ridiculo vergonha da américa do sul e sem mundial, ainda desrespeita as pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *