7 motivos que explicam a vitória do Palmeiras sobre o Santos

Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

As estatísticas e os retrospectos apontavam o Santos como favorito! Desde 2011 o Verdão não ganhava na casa do adversário, mas hoje a história foi outra. Pra mim, foram esses 7 motivos que levaram a vitória do Verdão nesta noite de domingo:

  1. O Palmeiras foi para o jogo muito confiante.
  2. A pressão pela vitória era do Peixe, o que deixou o clima mais tenso para o time da baixada.
  3. Faltou apoio da torcida santista. O público foi muito pequeno para um clássico desse porte, ainda mais com torcida única. Eram pouco mais de 8.700 torcedores prestigiando um jogão desse nível.
  4. Fernando Prass esteve num dia inspiradíssimo e foi o melhor em campo. A sorte andou ao lado dele e quando o goleirão não defendeu a trave salvou.
  5. Mesmo em desvantagem no placar, o Palmeiras não se abateu e foi pra cima surpreendendo o adversário. O time buscou a virada e marcou dois gols.
  6. Vitor Bueno não poderia ter perdido aquele gol!
  7. Os dois times apostaram em atacar. O Peixe acertou duas vezes a trave duas vezes.  Mas foram as jogadas pelo lado esquerdo pra cima da defesa santista que fizeram o Palmeiras virar o jogo. Ponto pra Eduardo Baptista.

Agora mande pra mim a sua visão do jogo! O espaço é seu!

26 comentários

  1. O espírito de luta do elenco…essa luta vem da União do grupo e necessariamente da administração do todo!!!
    Parabéns Paulo Nobre, meu Ídolo.

  2. Michelle e mesa boa noite ,
    Concordo plenamente com vc , o Palmeiras se superou apesar do Santos ser o favorito nessa partida, méritos aos goleiros que estavam em uma.tarde inspirada .
    O unico que deixou a desejar no jogo de hj foi Egidio entrou apagado no jogo pela proporção desse clássico

  3. Tivesse Vitor Bueno marcado o gol, a partida teria mudado a dinâmica. O Santos provavelmente acalmaria o seu ímpeto e se fecharia na defesa. A lógica se fosse o Palmeiras também não seria diferente.
    O que não dá para entender é como o Palmeiras, com os jogadores que tem, deixa os adversários jogarem. Mesmo o “time reserva” do Palmeiras é, teoricamente na minha opinião, melhor do que qualquer time no Brasil.
    Ainda acho que o técnico (Eduardo Baptista) ainda não é maduro suficiente para treinar um time grande com tantas estrelas.

  4. O Palmeiras tem um baita elenco e aos poucos tá formando um time. Pra vencer tem que ser unido e jamis sentir vencido até o apito final. O time está tomando confiança e quando o Borja começar a fazer gols sai da frente que ninguém segura.
    Boa noite e forte abraço à todos da mesa.
    Jorginho.

  5. Michelle, concordo com sua explanação e gostaria de acrescentar que hoje o Verdão tem time para disputar contra qualquer equipe do Brasil ou America Latina em igualdade de condições mesmo atuando fora de casa, talvez por conta das dúvidas que alguns jornalistas, e seus comentários sobre a capacidade do Eduardo Baptista, tenham influenciado parte da torcida, assim como provocado no técnico um certo receio em momentos que poderia arriscar um pouco mais, fazendo com que ele optasse por uma estratégia mais conservadora (no jogo de hj remanejar o Zé VÔberto para o meio, trouxe a equipe do Santos para próximo do nosso gol, isso junto com a reincidente má atuação do Tchê Tchê e Dudu além de nossos laterais.
    Deveriamos tentar sofrer menos nas partidas, é óbvio que é valido se preocupar em defender mas abdicar de atacar e poupar o adversário da preocupação defensiva não parece muito inteligente. Avanti Palestra !!!

  6. Achei que Eduardo Batista deixou Lucas Lima livre no meio para criar por isso o Santos teve uma enormidade de chances mais era dia de Prass. E Guerra não se achou ainda neste time em jogos deste porte tem que entrar com Thiago Santos, Felipe Melo sozinho não dá conta de marcar, no segundo tempo até que o E.B mexeu bem e o Palmeiras marcou 2 gols ,time do Santos quando apertado mostra não ser tudo isso.

    1. PALMEIRAS É TIME GRANDE E O PEIXINHO ENCOLHIDO É DE SEGUNDO ESCALÃO … VIDE OS ANOS DE 2015 E 2016 … SEU TIMINHO SEMPRE NO RETROVISOR DO MARAVILHOSO E PODEROSO PALMEIRAS KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      1. Cristina Terra, mais respeito com aquele que livrou o “poderoso Palmeiras” de cair pra segundona pela terceira vez. E só pra lembras, o Santos não sebe o que é segunda divisão.

  7. O Jogo foi bom o Santos teve um volume de jogo um pouco maior que o Palmeiras até por estar jogando em casa, aliás a torcida foi decepcionante 8.700 pagante muito pouco pra grandeza do clássico, agora como Palmeirense, é torcer para que Eduardo Batista coloque Yohan, Erik Vitinho e até mesmo Joilson para pegar ritmo.

  8. Bom dia Michelle..

    Faltou um ponto crucial, a entrada do WILLIAN no lugar do ZÉ, Independente do GOL dele. No momento em que o SANTOS ESTAVA CADA VEZ MELHOR, gostei muito da OUSADIA do técnico EDUARDO BATISTA em tornar o time AGRESSIVO, afinal jogar na VILA NÃO É FÁCIL.

  9. Acho que os dois principais motivos da derrota do Santos foi, primeiro, que desde o ano passado,,. perde a maioria dos jogos no segundo tempo,,. ou seja, falha de preparação no intervalo do jogo, e segundo é que, quando o Palmeiras botou velocidade, fez os gols e ganhou, ou seja, o Santos não sabe jogar com velocidade,,. ou não treinou corretamente para tal. Isso desde o ano passado,,.Além de que o Santos é um time que não tem muita determinação, brio próprio, etc. o que sobra no Palmeiras.

  10. Ainda acho que um time tão cheio de ótimas opções como meu Palmeiras não pode contar tanto com a sorte como tem contado. Ontem o Santos perdeu um gol incrível e ainda meteu duas bolas na trave. Eduardo Batista teve sorte ao mexer no time e os jogadores que entraram fizeram o placar mudar. Não quero tirar o mérito do técnico, mas o Palmeiras tem levado sustos e tendo jogos muito mais difíceis do que deveria pelo time que tem. E isso na minha opinião tem a ver com fraco Eduardo Batista.

  11. discordo qto ao egídio, não é craque toda vez que entra sai cruzamentos, situações de gol: veja, contra o S.P.
    nasceu de uma situação de ataque dele e onte após sua entrada começara a a brir espaço pelo outro lado do campo pelas sua avançadas pela ponta

  12. A eventual melhoria do Santos passa por a condição fisica do Ricardo Oliveira e fundamentalmente pela lateral esquerda do Santos: o Zeca não marca ninguem,, não corta nenhum cruzamento, chega sempre atrasado na jogada:: os gols do São Paulo contra o ;Santos começaaram pelo seu lado (cometou um penalty infantil) ja contra o Plameiras os 2 gols foram em cima dele e a falta de cobertura da 4a zaga ou do meio do campo não existe: ou se improvisa o Jean Mota ou…já o Caju só se machuca, enquanto isso o Emerson Palmieri é titular no Roma……O Santos está sem comprometimento tanto da direção tecnica (o Dorival passa muiito a mão na cabeça) ja o Modesto é muito modesto para o tamanho do Santos>

  13. Apesar do jogo ter sido na vila, o Palmeiras soube aproveitar as boas defesas do Fernando Prass, o santos parece que está capemba apesar dos jogadores mais velhos mostrarem que futebol eles tem de sobra faltou os gols porque o Prass não deixava. ainda vai dar Corinthians

  14. Quando o EB descobrir que,em posse da bola adiantar o meio campo e diminuir o passe e,com um jogador de pivo,fazer jogadas de ultrapassagens pelos lados do campo,pegando a defesa do adversário de lado,quando o grau de dificuldade é maior,aí o Palmeiras fará muitos gols.Observem os últimos gols das ultimas partidas se quase todos não foram assim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *