Reservas do Timão dão vexame na tal Copa Mickey…

(Foto: Divulgação/Copa Flórida)

O Corinthians deu vexame na Copa Flórida, nos Estados Unidos, ao ser goleado por 4 a 2, pelo Rangers da Escócia, neste sábado à tarde. Pior que com os titulares, na etapa inicial, meteram 2 a 0 dando show de bola. Na etapa final, Carille colocou doze reservas e veio a virada dos escocêses sem dó e nem piedade. Ou seja, titulares venceram por 2 a 0 e reservas perderam por 4 a 0. Que dureza! Timão começa temporada com um time porém sem elenco.

Como era esperado, no primeiro tempo o Timão engoliu o time escocês. Logo de cara, 2 a 0 no placar, gol de Rodriguinho e Kazim. Afinal o adversário talvez não conhecesse como o clube brasileiro era fatal nos contra-golpes. E, por incrível que pareça, o Gringo da Favela brilhou demais. Participou no primeiro gol e marcou o segundo em grande estilo.

O Rangers insistiu no 3-5-2 avançado. Cauteloso, o técnico Fábio Carille esperou a chance de “matar” o jogo. Fagner cobrou lateral nos pés de Kazim. Esse tocou rápido para Jadson. Camisa 10, por cobertura, tocou para Rodriguinho marcar, 1 a 0. Na sequência, o eficiente Romero lança Kazim. De direita, bateu cruzado e fez 2 a 0. Gringos de queixo caído não entenderam nada. Sem contar de um chutaço no travessão de Guilherme Romão.

Carille surpreendeu no segundo tempo e trocou dez jogadores, abrindo as portas para um desastre. O Rangers trocou sete. Ou seja, era outra partida. Uma das alterações foi o meio campista Renê Júnior, que veio do Bahia. Júnior Dutra compôs o ataque com Luca e Marquinhos Gabriel. Mantuan improvisado na lateral direita e Maycon na esquerda.

Bobeira em falta cobrada por Hodson, Morelos marcou o primeiro gol do Rangers, 1 a 2. Cássio saiu para a entrada de Caíque França. Reservas completos. Halliday deixou tudo igual após cruzamento de Morelos, 2 a 2. E veio a virada: Murphy cruzou e Morellos entrou e tocou de primeira, 3 a 2 de virada. Carille sacou Júnior Dutra e colocou Carlinhos. O zagueiro Tavenier chegou de trás e ampliou, 4 a 2. Fim de jogo, reservas do Timão não estão a altura dos titulares e a história de 2017 se repete.

E assim caminham a burrice e a mediocridade…

 

 

5 comentários

  1. Incompetência de um treinador, que já se acha o melhor do mundo. Ele teria que deixar os titulares até aos 25 ou 30 minutos do segundo tempo, mesclando com os novos contratados e não colocá-los junto com “pernas de pau”. Lamentável, perderam tempo e decepcionaram os torcedores. precisa aprender muito ainda. E tenho dito.

  2. Quer dizer que no primeiro tempo o time matou a pau,como sempre até pelas sua palavras, ficou somente em contra ataque.
    Para sabermos na historia ficou derrota do Corinthians e não com time reservas.

  3. CHICO LANG

    VEJA A DIFERENÇA DE NÍVEL QUE SEMPRE HOUVE ENTRE O VERDÃO E O PANGARÉ ITAQUERENSE E O TIME DAS MENINAS DA VILA SONIA ENQUANTO O VERDÃO CONTRATA GUSTAVO SCARPA O PANGARÉ CONTRATA EMERSON “BEIJOCA” SHEIK E O TIMINHO LÁ DA VILA SONIA CHUPANDO O DEDO VISTO QUE ESTÁ FALIDO TUNGADO PELOS NEGÓCIOS ESCUSOS DO BANANA NANICA AIDAR. SAUDAÇÕES PALMEIRENSES.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *