Keno comandou goleada do Verdão na Bahia

(Foto: Cesar Greco/ Ag. Palmeiras)

O Palmeiras conseguiu a primeira vitória fora de casa ao golear o Bahia, em plena Fonte Nova, por 4 a 2. O baiano Keno, enquanto esteve em campo, foi decisivo para a soma de três pontos. Sofreu um pênalti e marcou um golaço. Embora partida tenha sido agitada e emocionante, muitos lances bizarros ocorreram. Eric foi chutar e pisou na bola. Na sobra, o gol de Willian, por exemplo. Placar favorável veio bem a calhar. Técnico Cuca já estava sendo questionado pelos corneteiros do Palestra.

Sem moleza para o Verdão no primeiro tempo. Equipe do técnico Jorginho marcou forte a saída de bola e complicou a vida do companheiro Cuca. Jogo seguia equilibrado, quando Keno fez bonito. O baiano foi lançado por Guerra. Ao driblar Rodrigo Becão sofreu pênalti. Roger Guedes bateu como manda o figurino: bola em um canto e goleiro no outro. Quando se esperava a imposição da melhor técnica, valeu a pegada.

Reação veio com um gol anulado. Eduardo lançou o ainda corintiano Mendoza. De cabeça, o colombiano tocou para o fundo das redes. No entanto, no passe Tiago tocou antes. Esse estava em condição irregular. Minutos depois, o empate. Zé Rafael caiu nas costas dos zagueiros e bateu firme. Prass deu rebote e Edigar Junio testou. Prass salvou de novo. Na terceira tentativa, Vinícius fez um golaço.

Logo no início da etapa final, Keno recebeu de Roger Guedes. Da entrada da área, encobriu o goleiro Jean, num belíssimo gol: 2 a 1. Antes, Roger Guedes teve um gol anulado, em lance duvidoso. Bahia, então, se viu na obrigação de buscar uma nova igualdade. Mas sentiu o golpe. Donos da casa mal passaram do meio-campo, erraram passes e ficaram expostos a contra golpes. Egídio, por exemplo, poderia ter feito o terceiro se não fosse bela defesa de Jean.

Falta cobrada pela esquerda, Juninho pegou do outro lado de cabeça. Mina entrou na corrida e empurrou para as redes baianas: 3 a 1. Antes tarde do que nunca, Juninho falhou feio, João Paulo ganhou do lateral-direito Jean e diminuiu: 3 a 2. Em falha gritante da zaga e lance de sorte de Willian, 4 a 2. Engraçado que Eric tropeçou na bola que, por sua vez, sobrou para o atacante marcar.

De qualquer forma, resultado excelente para o Verdão. A primeira vitória e os quatro primeiros gols fora de casa.

E tenho dito!

 

 

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *