Tricolor merecia mais

Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press

No jogo da bola rolando, o São Paulo merecia um resultado melhor do que esse 0 a 0 final.

Teve mais tempo a bola nos pés, e, embora encontrasse extrema dificuldade em varar a sólida retranca corintiana, ainda assim criou as únicas oportunidades de gol, três delas conjuradas por Cássio, como de hábito.

Sem Liziero e com Carneiro no comando de ataque, o Tricolor perdeu qualidade no meio de campo e não ganhou aquela cunha no ataque capaz de consagrar o último toque na área.

De seu lado, o Corinthians optou por anular as ações ofensivas do rival, com a entrada de Ramiro no lugar de Love ou Pedrinho, ali pela direita, como estava acostumado a jogar no Grêmio – mais defensivo do que ofensivo.

Sim, bem que Love entrou em seu lugar, mas já no final da partida, quando tudo já estava resolvido.

Já a entrada de Hernanes na vaga de Carneiro, conferiu ao São Paulo o chute à meia-distância, o que ocorreu naquele disparo, aos 12 do segundo tempo, que Cássio aparou com categoria.

No entanto, com o passar do tempo, o Timão conseguiu reduzir a posse de bola do adversário, que de 65 por cento caiu para 58, mas na chegou a criar situações críticas, a não ser em duas bolas cruzadas para o cabeceio falho de Gustagol e de Henrique. A bem da verdade, Volpi não fez sequer uma defesa de fato.

De qualquer forma, foi um clássico muito disputado, pontilhado de faltinhas daqui e dali, mas sem atingir um nível técnico e emocional capaz de de justificar o título de Majestoso.

Mas, isso já virou lugar-comum no atual futebol brasileiro.

 

10 comentários

  1. o carile definitivamente esta exagerando , e desafiando a sorte , …..escala sempre ao contrario à

    logica…….deixou o gustavo isolado sem apoio , e tendo no banco boseli e love ……..cada jogo ele

    inventa ,até parece que quer perder……..mas isso não pode continuar , é melhor para o clube ir

    arrumando um reinador mais moderno……é uma pena como chegou a essa situação…..é muita

    frieza e sem emoção , pare um poste sem iluminação….

  2. se pra vc o Carile tem que provar alguma coisa, para a torcida do Timão não tem não!!! Todos os jogos é a mesma palhaçada, o Corinthians joga feio, na retranca, por uma bola só, na casinha , com 2 linhas de quatro o técnico é uma droga, mas os demais que estão jogando ‘O FINO DA BOLA’ não conseguem nada contra o Timão… chega desse papo furado galéra!! fura a retranca do time dele e mete gol no Cássio!! , mas ai a realidade grita bem alto QUEM TEM COMPETÊNCIA E FUTEBOL PRA FAZER ISSO?????????O timão graças principalmente a mídia se tornou o PATINHO FEIO do futebol brasileiro, triste e ver comentários do tipo O SP merecia melhor sorte pq teve mais posse de bola, que visão mais distorcida,. de que adianta uma posse enganosa e sem produtividade . O jogo de hj foi um repeteco da 2ª partida contra o Santos ( hj o Timão criou mais) o Carile sabia que um empate não seria um resultado tão ruim, traçou a sua estratégia de jogo e a pós em prática e deu resultado, quanto ao Cuca, a sua estratégia era de pelo menos ganhar de 1×0 não deu certo e aí??…..a do Carile vem dando certo em tds os jogos e a dos outros não, o nome disso é EFICIÊNCIA. To achando que se o Timão ganhar o Paulistinha vão colocá-lo na cadeia…….

  3. Alberto,
    Concordo em parte com o seu comentário.
    Como eu havia dito, faz parte do futebol defender-se e jogar com regulamentos.
    Não que o empate seja lá grande coisa, mais, ao contrário que se pensa, ficou para Itaquera a decisão do campeão.
    Carille aposta na força da nação alvinegra, enquanto Cuca e Mancini apostam na recuperação de seu principal jogador (Hernanes).
    Novamente, vamos ver quem levanta a taça no domingo, aliás, especial, pois é páscoa!
    Grande abraço e saudações.

  4. Alberto Helena Jr.

    De longe não se viu entre o time das meninas do morumbi e o time de itaquera um clássico jogo de futebol e tal e cousa e maripousa (aprendi com um grande jornalista) o que se viu foi um time tentando jogar alguma coisa, no caso o time das meninas do morubi contra um time que todo mundo conhece pela retranca no caso o time de itaquera que joga num esquema tático igualzinho ao Juventus não da Italia mas sim o da Mooca lá pelas decadas de 70 e 80 com o lendário técnico Milton Buzzeto, um retranquerio de marca maior e que jogava por um bolinha só parecendo onze morcegos pendurados embaixo de suas próprias traves e digo não foi o São Tite o mentor do tal “Pep Carrille” mas sim o Milton Buzzetto pai de algumas gerações de técnicos retranqueiros que inundou o futebol do meu Brasil varonil. Mande lembranças ao Carrille meu amigo Tião Fiel porém antes do jogo do próximo domingo porque no domingo o mestre Cuca virá para te assombrar Tião Fiel. Saudações palmeirenses.

    1. Alberto Helena Jr.

      Digo ao amigo Carlos Brim que o Verdão agora só está jogando a Libertadores aliás é o unico grande time paulista que sobrou na competição….libertadores é só para times gigantes….o resto só no controle remoto. Saudações palmeirenses.

      1. Time gigante é Tri Campeão Mundial reconhecido, não autoproclamado em uma única vez, que ninguém viu. O campeão da Libertadores desse ano não saiu.

        1. Alberto Helena Jr.

          Digo ao meu amigo Carlos Brim que eu não desmereço as conquistas e a história de nenhum time, não acho que o futebol por exemplo nasceu em 1990 e nem como aquele ignorante do presidente da FIFA (Federação Internacional de Fuleiragem Armada) o tal de Infantino dizendo que a FIFA só reconhece como campeões mundais os times a partir de 1960, então nesse raciocinio pequeno desse cara ele acabou de desconsiderar o Uruguai como campeão mundial de 1950, o campeão mundial de 1954 e o Brasil como campeão mundial de 1958, eu considero sim o Verdão campeão mundial em 1951, primeiro torneio internacional global de clubes, conforme palavras da própria FIFA através do presidente à epoca Joseph Blatter cujo formato serviu de exemplo para a FIFA para criar a champions league, procure meu amigo Carlos Brim estudar a história do futebol que é disputado desde o século 19 (anos 1800) e verá que todos os times merecem terem suas conquistas exaltadas e ganhas em campo de forma limpa e na bola sem precisar de tapetão e canetada para se salvar de rebaixamento pois se nós ficarmos apontando o dedo por exemplo poderia dizer com certeza que a história deixou registrada por exemplo a tri falência do seu time….fica aí no controle remoto na libertadores amigão. Saudações palmeirenses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *