Luiz Adriano está certo

 

Luiz Adriano fez o gol e pediu silêncio para os torcedores. Nada mais justo. Quem faz o que quer recebe o que não quer. Certo ele. Não sei porque a atitude, muito mais simples do que os palavrões e palavras agressivas que ele ouviu nos últimos meses por todos os lados, ofendeu tanta gente, seguramente aqueles que se acham muito, mas são insignificantes para o mundo da bola

Torcida não tem direito de ofender e menos ainda de agredir. Torcida deve torcer. A vaia vale no final, por uma questão de inteligência, já que durante a partida só atrapalha quem está trabalhando. Achar que os que vão aos estádios, pagando ou não, podem tudo é um grave erro. Muito frustrado vai apenas para tumultuar, agredir e ofender. E há quem entende que isso é normal. Não é. Esse tipo de gente que fique em caso, se é a família o tolera.