Empresários correm

 

Abílio Diniz foi claro, não coloca dinheiro no futebol. São paulino declarado e frequentar do clube, não se anima a investir num modelo, que realmente não dá qualquer tipo de garantia para quem pense num negócio com futuro e com consistência.

É uma pena que as coisas sejam desta forma. As leis, e agora surgiu uma nova dando alguma esperança, não favorecem o clube empresa. E desta forma deixam caminho aberto para todo tipo de aventura que se possa imaginar.  Também por essa razão, nosso futebol não consegue mantem o mesmo nível de anos anteriores. Antes todos eram semiamadores. Agora a Europa é mais que profissional