Pedro custa mais que o Bragantino

 

A Red Bull entrou bem de leve no mercado brasileiro. Por enquanto apenas quer jovens jogadores com custo barato, para os padrões europeus, que serão revendidos com altos lucros. A base do time líder do Campeonato Brasileiro e único invicto, custou 81,4 milhões de reais. O reserva do Flamengo, Pedro, saiu por 87 milhões. Ou seja, mais caro que a equipe titular do Red Bull.

O que está valendo é a administração. Se a empresa austríaca resolver investir para valer, ganhará tudo e rapidamente. Já com um projeto de captação consegue ser protagonista. Imaginem se quiser brigar de verdade com os demais clubes brasileiros. Será até covardia.