Foi por isso que me contrataram, né?

 

 

O mundo assiste a chegada de mais um fenômeno no futebol. Agora ele vem da distante Noruega. O que poderia ser uma coincidência, ou fase de muita sorte, vai se transformando rapidamente em realidade. Haaland veio para ficar. Aos 19 anos, depois de chamar a atenção fazendo nove gols num único jogo no Mundial Sub 20 do ano passado, desandou a marca na Champions League pelo RB Salzburgo, abrindo as portas no Dortmund, onde estreou sábado passado.

Foram 20 minutos de loucura. O time perdia por 3 a 1. Ele fez 3 gols e veio a vitória por 5 a 3. Já o chamam de Cometa Haaland, as Redes Sociais não param de endeusá-lo e ele, tranquilo, não parece nem um pouco surpreso, mostrando que veio para ficar. E ficar com marra.

Michael Zorc, diretor de futebol do Borussia Dortmund, feliz com a estréia foi abraçá-lo e cumprimentá-lo após o sucesso do primeiro jogo. Inabalável ele fez um gesto de agradecimento seguido de uma pergunta:

– Foi por isso que me contrataram, né?

Foi sim. E que bom que a promessa mostra esta convicção. Craques, especialmente goleadores, são muito bem vindos. É por causa disso que curtimos futebol, não é, Cometa Haaland?