Direito de jogar bonito

Parece loucura mas tentar jogar ofensivamente no Brasil é quase um crime. Um time que tenha ideia de jogo ofensiva não pode perder. Quando acontece logo pedem para que os “conceitos sejam revistos”. Curioso que aqueles que jogam muito feio, a maioria aliás, não são conclamados a atacar. E eles perdem muito mais do que ganham.

Não sei porque razão gostam do jogo feio. Se o time ficar 90 minutos na defesa e tomar um gol no final, será visto como resultado normal. Já a equipe que busca o ataque, caso sofra o mesmo gol fatal no último minuto, num contra ataque, é motivo de contestação. Dá para entender?

Outra coisa terrível é a saída de jogo com bola dominada. Quando alguém erra e sai um gol o mundo desaba. Mas não vejo reclamações dos chutões lá de trás, que batem e voltam em 95% das vezes originando gols dos adversários, serem contestados. Chutão feio pode. Sair jogando com categoria, não se deve. Lembrei de um velho amigo, que dizia gostar dos olhos, enquanto a maioria aprecia a remela. Eu sigo preferindo os olhos.