Sem capricho

 

Ronaldo Fenômeno estreou no Corinthians em Itumbiara, contra o time local. E terminou sua passagem pelo clube em Ibagué.

 

 

Arrascaeta foi a maior contratação do futebol brasileiro dos últimos anos. Gabigol custa uma fortuna. E ambos podem estrear no Flamengo contra o Resende, em Volta Redonda, pelo Campeonato Carioca. Meu Deus, nada mais anti-marketing. Até pelo que custaram e pelo barulho que deu, especialmente Arrascaeta, o bom senso manda que se fizesse um evento especial para o primeiro jogo.

Sei que os campeonatos regionais são desinteressantes em qualquer lugar. Mas num clássico, no Maracanã, já atenuaria. A renda poderia ser bem melhor, ajudando a amortizar as dívidas com as duas compras. E não é o primeiro caso. Ronaldo Fenômeno estreou no Corinthians em Itumbiara, contra o time local. E terminou sua passagem pelo clube em Ibagué.

Há muito que evoluir. Inclusive nesta área, onde clubes grandões do mundo ganham milhões. No Brasil é tudo de qualquer maneira. Vai do jeito que der. E são perdidas ótimas chances de momentos marcantes e faturamentos especiais.  Esses momentos são cada vez mais raros no nosso futebol. Deveriam ser melhor aproveitados.