Amistoso é para observar

Tite convocou 24 jogadores para os amistosos contra Austrália e Argentina e deixou jogadores importantes de fora.

A opção é correta, no Brasil cobramos resultado em amistoso e não analisamos como um treinamento como uma oportunidade de observar novos jogadores ou novas opções táticas. O amistoso, principalmente de seleções, serve exatamente pra isso.

Rafinha, Jémerson, Alex Sandro, Diego Alves e Ederson são jogadores que tem se destacado no futebol europeu e merecem a oportunidade.

Tite tem uma base formada e precisa buscar opções, alternativas e nesses amistosos buscará novas opções.

Claro que ganhar é sempre bom, mas não é a prioridade em um amistoso. Dunga em sua segunda passagem pela seleção venceu todos os amistosos e isso não era um sinal de bom trabalho.