Péssimo jogo do São Paulo no Morumbi

Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

Depois da parada de 17 dias, o São Paulo fez uma péssima partida contra o Defensa y Justicia no Morumbi. A atuação foi ruim em todos os aspectos, físico, técnico, tático e emocional.

O início parecia promissor, com menos de 1 minuto um gol bem anulado pela arbitragem e depois o gol de Thiago Mendes, mas depois do empate argentino, o São Paulo se perdeu completamente.

Sem a bola, o time cercou muito e desarmou pouco, nos últimos jogos parecia ter evoluído neste ponto. Com a bola um time pouco criativo, com muita dificuldade de achar espaços entre as linhas do adversário.

O Defensa y Justicia, comandado por um ex-auxiliar de Sampaoli, não ficou atrás o tempo todo, mas esteve compacto e organizado em todos os setores.

As eliminações provocam críticas, mas o São Paulo deve dar sequência ao trabalho que começou com Rogério Ceni. Não concordo com mudanças no meio do caminho, a direção deve ter convicção do que quer. Rogério tem uma proposta mais ofensiva que ainda não funciona naturalmente, as oscilações são grandes, mas é pior começar do zero com a temporada em andamento.