Texto de sábado dia 13 de agosto de 2011

 

O PEQUENO CORAÇÃO

 Texto de Lula Freire

 O tempo dedicado às primeiras criações já havia passado. Enquanto na Terra as novas matérias se ajustavam, trancado em uma nuvem branca, o senhor trabalhava com afinco num misterioso projeto.Diversos dias de alguns minutos se passaram e finalmente num entardecer recém-criado, as portas da nuvem se abriram e a figura do Mestre apareceu, trazendo entre as mãos, cheio de cuidado, sua mais nova obra: um pequeno coração que batia mais firmemente do que qualquer outro coração já projetado.Correndo o olhar pelo Universo, determinou à mais próxima estrela que se aproximasse, e que transportasse aos novos jardins da Terra, aquilo que se tornaria o símbolo da vida.Antes que a estrela partisse, a forte voz do Criador fez-se ouvir pelo espaço infinito: “Pequeno Coração” – disse o Senhor – “foste criado com a mais importante matéria que um coração já recebeu. Tua essência é o resultado das minhas emoções. O teu dono não será um só, mas tua força será única. Terás que bater durante toda a tua vida, sentindo as alegrias e tristezas de um corpo que não será o teu. Não poderás jamais esperar que de ti precisem para que te faças presente. Em momento algum poderás esperar recompensa pelo que fizeres, pois tua própria recompensa será haveres feito o que tiveres de fazer. Não terás conta alguma a acertar pelo que deres, e as lágrimas que derramares, não te haverão de ser devolvidas.Terás de superar a dificuldade de aceitar o incompreensível e de compreender o inaceitável.Ficarás menor em cada adeus, palpitarás descompassado em cada angústia e transformarás tua própria incerteza numa palavra de esperança. Hás de sentir em ti a dor que não será tua e serás capaz de oferecer todo um teu dia por um momento de alegria. Serás obrigado a esquecer as faltas que te fizerem, e não poderás sequer desejar que as mesmas faltas não se repitam.Se tiveres a oportunidade de te sacrificares para que outro sobreviva, não deverás hesitar, pois este deverá ser o teu caminho, e só então nesse dia, alcançarás a glória de tua vida.E por te fazer tão perfeito, e por te prever tão ferido, haverás de ser conhecido como o coração de um pai e amigo.”