Clayson, o homem gol!

(Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

Clayson entrou aos 16 do segundo tempo no lugar do volante Maycon. Naquela altura, o Coritiba era melhor do jogo, domínio que mantinha desde meados da etapa inicial. E não é que o atacante correspondeu às expectativas do chefe Carille? Ele marcou aos 34 e aos 43 pra garantir a vitória corintiana e deixar a taça mais perto do Parque São Jorge. Chama a atenção a boa fase do atacante autor de quatro dos últimos cinco gols corintianos. Assim como aconteceu contra São Paulo e Cruzeiro foram gols salvadores. Na noite de hoje, o time corintiano não perdia, mas estavas prestes a perder apesar de ter saído na frente. Um gol de Jô logo aos  dez minutos, após magistral assistência de Jadson, insinuou uma vitória tranquila sobre o Coritiba em Itaquera. Mas o que se viu depois foi Cássio brilhar com pelo menos duas defesas sensacionais. Uma num cabeceio pro chão de Cléber e outra numa finalização de Henrique. O time paranaense estava bem melhor no jogo, mais agressivo, mais eficiente e acabou premiado com o empate após cobrança de escanteio. Henrique Almeida, inacreditavelmente livre de marcação na pequena área, enfiou a cabeça na bola pra empatar. Não fosse Cássio, o Coxa teria virado no segundo tempo. Tudo mudou quando o “homem gol” entrou. E assim, o Timão segue mais líder do que nunca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *