Lucão, vaias e derrota

(Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

Era de se esperar um jogo difícil do São Paulo contra o Atlético. Apesar da campanha ruim, o time mineiro conta com jogadores de qualidade capazes de desequilibrar. E foi o que aconteceu logo aos oito minutos quando o equatoriano Cazares acertou um belo chute para abrir o placar. O gol abalou ao são-paulinos, mas não por muito tempo. Os pupilos de Rogério foram à luta em busca do empate. Igualdade que viria com menos de um minuto da segunda etapa, após belo lance de Junior Tavares que deixou o versátil Marcinho na cara do gol pra empatar.  E poderia até ter virado. Produziu pra isso especialmente no segundo tempo. Mas perdeu várias oportunidades, algumas delas com o excelente Pratto que, definitivamente, não estava numa jornada feliz.

O argentino lá na frente não conseguiu fazer. Sobrou pra Lucão que quis tirar o perigo da cara do gol e, sem querer, presenteou o inimigo a dez minutos do final. Rafael Moura, se não é brilhante, gol sabe fazer. Garantiu a vitória atleticana e puxou o gatilho que pode encerrar a carreira de Lucão no São Paulo. As vaias machucaram o zagueiro. Após o jogo ele falou em tom de despedida, desgostoso com o comportamento da torcida e  para contrariedade do chefe. Não só por hoje, mas por tudo que já passou no clube é compreensível a reação do atleta. Não há mais clima!

E por falar em reação, que ela venha já no meio de semana contra o Atlético Paranaense, no estádio onde o São Paulo jamais venceu. Hoje foi Lucão. Na próxima, outros podem sair machucados em caso de revés.

Um comentário

  1. Quer dizer que as vaias machucaram o zagueiro? E quantas vezes ele não tem machucado o torcedor com suas falhas bisonhas? A torcida também está desgostosa com o comportamento dele em campo com a bola nos pés. É compreensível também a reação da torcida quando o vaiou, não só pela falha nesse jogo, mas também por outras que ele já cometeu em outros jogos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *