Vitória maiúscula!

Foto: Delmiro Junior/Gazeta Press

O mote do texto estava pronto assim que terminou o primeiro tempo: “o renascimento de Marquinhos Gabriel”. O meia, escalado como titular pela primeira vez no Brasileirão, marcara o primeiro gol da partida, logo no comecinho, depois de uma bela jogada corintiana, e fez um lindo lançamento para Jô ampliar no final da primeira etapa. Apenas duas finalizaçôes corintianas e 2 a 0 no placar tendo o meia como destaque.

Tudo mudou, porém, com menos de três minutos de bola rolando no segundo tempo. Luis Fabiano, inspirado, transformou o Corinthians em sua maior vítima. Ele usou a cabeça duas vezes pra empatar o jogo e colocar o time paulista como o que mais sofreu gols do atacante. Curiosamente, o clube mais vazado pelo artilheiro era o Vasco com 12 gols sofridos, agora é o Timão com 13.

E quando o Vasco parecia perto da virada histórica, o próprio Fabiano teve a chance do terceiro, Clayson fez um primoroso lançamento para Maycon fazer o terceiro e colocar o Corinthians na frente de novo. O desespero, então, trocou de lado. Os vascaínos, abalados, não conseguiam mais produzir a pressão que levou ao empate. Melhor para a equipe comandada por Carille que administrou o jogo e teve calma pra ampliar com Clayton aos 38 e aos 46 minutos. Vitória maiúscula pra não deixar dúvidas quanto às pretensões corintianas.

2 comentários

  1. Acredito que o time do corinthians esta inspirando aquela confiança que o time do Tite inspirava , com as diferenças de nomes , esse time esta agradando , pois mesmo tomando 2 gols em 2 minutos não abandonou seu modo de jogar , parabens ao corinthians e a voce Celso , que acompanho a muito tempo e gosto do seu equilibrio ao comentar futebol , um abraço .

  2. Após o jogo de São Januário, os antis já buscavam criticas a esse competente grupo corintiano desvalorizando e denegrindo, agora, o adversário tombado na batalha! O Corinthians jogou contra um time do mesmo nível até na historia das grandes conquistas! E na sua casa com o time completo e sem perder no Rio! Os moleques de Itaquera junto com seu “Tutor” já estavam sendo questionados por virem desfalcados de três titulares importantíssimos! Sempre com humildade e respeito aos adversários, não responderam e foram a campo fazer o que mais gostam e treinam: jogar bola! Tomaram dois gols em dois minutos e sofreram o empate; os antis de plantão já pegaram a suas canetas de prata para iniciarem o massacre escrito nas manchetes em todo país… Moio! Aqui é Corinthians, esta sendo formado um time de guerreiros com raça. Vão perder um dia o jogo, é logico! Mas agora muitos conceitos e paradigmas estão sendo quebrados, antes de contratarem um craque de futebol, pode-se criar um time com fenômenos honrados saído da base… (paulo de jesus) É nóis! Por enquanto é papo de torcedor, mais quando engregar e ajustar… Hum

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *