As nova (velhas) fórmulas

Djalma Vassão/Gazeta Press
Djalma Vassão/Gazeta Press

Bristol – Não me parece que a nova (?!) CBF esteja interessada em novas fórmulas para o nosso futebol. Carlos Alberto Parreira vira e mexe vem no comando da Seleção desde 1970. São 42 anos. Felipão foi campeão do mundo em 2002, com uma Seleção que não chegou a honrar nossas melhores tradições em futebol. Suas passagens no comando de Portugal e do Chelsea não foram propriamente vitoriosas. Andou exilado lá pela Ásia Central e recentemente saiu do Palmeiras pouco antes do time ser rebaixado.

Nem um nem outro são o que eu recomendaria para arejar nosso futebol.

Mas aviso que torcerei pelo sucesso da Seleção na Copa de 2014. Foi o que sempre fiz no passado, apesar de possíveis divergências com cartolas e treinadores. Há até em YouTube um vídeo meu falando a respeito.

Não estou confiante. Contudo,  desejo-lhes sucesso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *